SÊ BEM-VINDO ! SÊ BEM-VINDA ! YOU ARE WELCOME !

sábado, 25 de abril de 2009

25 de Abril

Mesmo sabendo que o jorro da tinta não cobre todas as injustiças no mundo, nem mitiga as desigualdades sociais que todos os dias aumenta, mantém-se o impulso aerossol.
De ontem para hoje o capitalismo fez mais vítimas. São milhões de milhões por todo o mundo. São cegos vagueando na exclusão. Animais ferozes na luta pela sobrevivência.
Homo homini lupus. O ser humano, o maior predador de si próprio é também o mais generoso e capaz de construir o belo estético e o ideal igualitário.
Deixemos de estar sozinhos competindo numa inventada «selecção natural», rasguem-se as doutrinas do neodarwinismo neoliberal, demos expansão à racionalidade sentida que habita cada ser humano e aponta no sentido da generosidade e solidariedade. Vivamos em Paz! Não à competição! Sim à cooperação!
Não precisamos de um Estado imperial capitalista usurpador. Precisamos sim, de um Estado regulador socialmente comprometido, solidário, amigo.
O indivíduo social entregue a si próprio devora-se.

3 comentários:

Clara disse...

Bravo!

Telmo Alcobia disse...

Muito bem dit.. escrito.
"o homem colectivo sente necessidade de lutar" Sepultura
acho que somos muito claustrofobicos, especialmente em apartamentos pequenos amontoados até as nuvens

frAgMenTUS disse...

e depois a filósofa sou eu?!...

gosto de ti por isto, pela msg q passas assente em ideiais q nos devem mover à mudança!!!