SÊ BEM-VINDO ! SÊ BEM-VINDA ! YOU ARE WELCOME !

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

US Sucker

«Globalization allowed the United States to suck up the savings of the rest of the world and consume more than it produced.»

George Soros

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Terra de gigantes


«Nesta terra de gigantes
em que se trocam vidas por diamantes
a juventude é uma banda
numa propaganda de refrigerantes»

Engenheiros do Hawaii

domingo, 27 de janeiro de 2008

Konrad Lorenz vs Sigmund Freud

«Lorenz apresenta-nos a tese central da etologia, que na altura lhe parece contraditória das ideias freudianas sobre o pretenso «instinto de morte»: a agressão é um fenómeno natural ao serviço da evolução e da adaptação das espécies, regido por «regras de jogo» filogenéticas bem definidas e biologicamente determinadas. A agressão estaria pois, segundo Lorenz, ao serviço da vida e não da morte, como pretendia Freud — sendo, aliás, paradoxal e desprovido de sentido do ponto de vista biológico o próprio conceito de «instinto de morte». (...) É todavia de realçar que é do encontro (ou desencontro) entre Lorenz e as teses freudianas sobre a agressão que nasce o debate sobre o papel positivo da agressão na sobrevivência, adaptação e evolução das espécies animais, por um lado, e o seu particular papel tantas vezes positivo, e tantas vezes desgraçadamente negativo, no comportamento social da espécie humana.»

Luis Soczka

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Ideias para o espírito

«To blot consiste em produzir várias manchas, com tinta sobre papel, dando origem a formas acidentais sem linhas, a partir das quais as ideias são apresentadas ao espírito.»

Alexander Cozens

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Dominant America

«During the 1990's, America became exponentially more powerful economically, militarily, and technologically than any other country in the world, if not in history. The net effect was that U.S. power, culture, and economic ideas about how society should be organized became so dominant (a dominance magnified through globalization) that America began to rule people's lives around the planet 'more than their own governments'.» 

Thomas L. Friedman

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Défice de cidadania

«a plenitude dos direitos económicos (o direito à plena remuneração), sociais (direito à protecção social) e políticos, permanece ligada aos empregos, cada vez mais raros, ocupados de modo regular e a tempo inteiro.»

André Gorz

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sábado, 19 de janeiro de 2008

Cores amarrotadas

É conveniente partir para a rua munido de panos que absorvam a tinta excedente. Depois, após o regresso, é importante contemplá-los e encontrar nos tecidos os indícios que testemunham a acção fulgurante da cor nas noites urbanas. Investigar, pacientemente, centímetro a centímetro. Averiguar com calma se na superfície amarrotada do pano todos os tons se vêem honestamente representados, nas suas ínfimas variações cromáticas, fieis ao impacto visual recebido pelas ruas. A herança dos aerosois é doce.

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Anarquismo

«O anarquismo, pelo menos tal como o entendo, é um movimento do pensamento e da acção humanos que procura identificar as estruturas de autoridade e dominação, que tenta levá-las a justificarem-se e que, quando elas se revelam incapazes de o fazer, o que amiúde acontece, tenta superá-las.

Longe de se ter "desmoronado", o anarquismo, o pensamento libertário, está de boa saúde. Está mesmo na origem de muitos progressos efectivos. Algumas formas de opressão e de injustiça que mal eram reconhecidas, e ainda menos combatidas, deixaram entretanto de ser aceites. Isso é um triunfo, um progresso para o género humano, não é um insucesso.»

Noam Chomsky

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Anarchism

«Anarchism – at least as I understand it – is a movement that tries to identify organisations exerting authority and domination, to ask them to justify their actions and, if they are unable to do so, as often happens, to try to supersede them.

Far from collapsing, anarchism and libertarian thought are flourishing. They have given rise to real progress in many fields. Forms of oppression and injustice that were once barely recognised, less still disputed, are no longer allowed. That in itself is a success, a step forward for all humankind, certainly not a failure.»

Noam Chomsky

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Louvar as tintas

É preciso dialogar com as latas, ser benévolo com as tintas, compreender o que lhes vai na alma. Os aerosois são discípulos caprichosos cujos feitos esplêndidos devem ser louvados. Não obstante, não se hesite em apontar às latas os seus erros, mostrando-lhes com doçura o meio de os corrigir. Um artista que saiba usar modos honestos encontra sempre a proficiência adequada à medida do seu instante. Às tintas compete seguirem-lhe o rasto, com a lealdade devotada a quem exerce a sua liderança com generosidade e modesta nobreza.

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sábado, 12 de janeiro de 2008

Democracy in the streets

«Writing graffiti is about the most honest way you can be an artist. It takes no money to do it, you don't need an education to understand it and there's no admission fee.»

Banksy

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Spend your faith

«Check your wallet. If you are carrying an ATM card then you are a fully registered member of the empire. Armed with just this piece of plastic, and your "secret password", of course, you have the privilege of being able to go to any corner of the globe and tap into the largest, mightiest, most universal financial system ever to exist. After paying your respects at the altar of your choice, you are invited to take your cash and (if you wish to practice the only form of service fully recognized by our system) spend it.»

Jesse Gordon

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

sobreviver não, existir sim

«A crítica ao desemprego tem que passar inevitavelmente pela crítica ao trabalho. Não basta apenas advogar melhores salários por menos horas, ou mesmo rendimentos universais garantidos, deixando incólume a própria ideia de trabalho assalariado, base de uma sociedade que elegeu a produtividade como fim último. Independentemente das consequências.

Devemos recordar que o movimento operário nasceu junto com a ideia de superação do trabalho e que apenas através desta podemos ambicionar uma vida em que a relação entre existência e sobrevivência se encontre fortemente desequilibrada a favor da primeira.»

José Nuno Matos

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Resiste!

A ganância de poucos tem-se habituado a atribuir a si própria a posse do espaço público. A ingenuidade e o comodismo de muitos tem aceitado a submissão: é verdade, há quem ache normal pagar a um privado para estacionar no espaço público, tal como considera normal pagar para estudar, para usufruir de cuidados de saúde, para obter justiça...

Enfim, há quem ache normal pagar para viver! Para gáudio de uma minoria cada vez mais enriquecida, cada vez mais dona do mundo!

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

The fate of Empire

«No matter how compelling America's ideals, they still come wrapped in american power. People abroad may love the former but they are inevitably suspicious of the latter. And if America falters in its application of its ideals, people around the world will believe that they are simply a smoke screen for its power. Call it the fate of empire.»

Fareed Zakaria

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sábado, 5 de janeiro de 2008

The super-rich and the super-poor

«Globalization is changing the shape of the planet from a sphere to a giant pyramid, with the super-rich at the top and the super-poor at the bottom.»


Jesse Gordon and Knickerbocker


http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Shockingly Evocative

«In the modern world, graffiti is one of very few contemporary forms of expression that retains the ability to be shockingly evocative. We are becoming desensitised to events, information and more conventional forms of art. A piece of graffiti might provoke any manner of response: interest, disgust, amusement, anger, admiration.

It seems a shame that many people walk blindly past.»

Matthew Lunn

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Piece nas alturas

Onde figurava o mero contraste a preto e branco já há cor. Finalmente Dalaiama conseguiu concluir este trabalho elevando-se do solo a tempo de entrar em 2008. Valeu-se para o efeito das suas asas prateadas e de algum exercício de levitação. Regozijemo-nos!

http://dalaiama.streetart.googlepages.com/

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Um ano espiritualmente maravilhoso!


Que boa maneira de dar início a mais um ano! Quem quiser pode realizar o download grátis do cartão que o Dalaiama põe à disposição com os votos de um Bom Ano Novo. Há a versão portuguesa e inglesa.
The first is an english version.