SÊ BEM-VINDO ! SÊ BEM-VINDA ! YOU ARE WELCOME !

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Israel: Estado Criminoso

«Assistimos a uma campanha na Comunicação Social em Portugal, apregoando e difundindo toda a argumentação de Israel, mentindo aos portugueses, e escondendo a verdadeira essência do conflito Israelo - Palestino.
Assistimos passados 61 anos à continuação da ocupação e da repressão de Israel contra os direitos legítimos do Povo Palestino.
Em 1948 Israel espezinhou a resolução 181 da ONU, da partilha em dois estados, um judeu e outro árabe.
Em 1948 Israel proclamou a independência em 78% do território e expulsou pela guerra centenas de milhares de Palestinos.
Em 1967 ocupou os restantes territórios: Jerusalém Oriental, Cisjordânia, Faixa de Gaza e outros territórios árabes.
Israel em violação sistemática, do direito internacional e das resoluções das Nações Unidas continua impune:
Na Cisjordânia, com 2,3 milhões de habitantes, 250.000 colonos israelitas controlam 40% do território e as melhores terras agrícolas; continuam as anexações em Jerusalém Oriental, Árabe e na Cisjordânia; continuam a rejeitar a negociação do direito ao regresso dos refugiados Palestinos dos quais mais de um milhão vivem em campos miseráveis na região, em contínuo desrespeito pela decisão 194 da ONU.
Nos últimos 15 anos fracassaram todas as conferências, reuniões, processos de paz, quando se chega à questão decisiva da retirada israelita dos territórios ocupados e do estabelecimento de um Estado Palestino independente e soberano nos mesmos territórios de 1967, Israel continua impune, em conluio e com o apoio da comunidade internacional, com os EUA à cabeça, com a Europa rendida, Portugal incluído, e até com a passividade do mundo árabe.
O que continua a prevalecer nesta politica de conluio entre os EUA e Israel é a eliminação dos Palestinos enquanto Povo.»
MPPM – Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente

2 comentários:

Telmo Alcobia disse...

tou a ler um livro do slavoj zizek onde entre outras coisas defende se devia tornar jerusalem uma cidade sagrada, que não pertence a nenhum pais. ai iam estar a respeitar religião, não ocupando territórios alheios com a desculpa da "terra santa" de uns e outros.

rapariga vermelha disse...

http://www.youtube.com/watch?v=kkfsocc2I88

http://www.youtube.com/watch?v=vDD8ANFgwtA

http://www.youtube.com/watch?v=iJcKhG5OtUM

http://www.youtube.com/watch?v=fRmafX-LZ7w

http://www.youtube.com/watch?v=CFt5nLNxqp8

Outros videos sobre a repressão do povo palestiniano, para além do que já tens na coluna direita do blog