SÊ BEM-VINDO ! SÊ BEM-VINDA ! YOU ARE WELCOME !

quinta-feira, 1 de julho de 2010

A ditadura do pensamento único

«Nas democracias actuais, há uma espécie de doutrina viscosa que, insensivelmente, envolve todo o raciocínio rebelde, inibe-o, perturba-o, paralisa-o e acaba por sufocá-lo. Essa doutrina é o "pensamento único", o único autorizado por uma invisível e omnipresente polícia de opinião pública. (...) A arrogância, o desdém e a insolência dessa doutrina atingiram um tal grau desde a queda do Muro de Berlim, o desmoronamento dos regimes comunistas e a desmoralização do socialismo que, sem qualquer exagero, é possível qualificar esse novo furor ideológico como dogmatismo moderno. O que é o pensamento único? A tradução em termos ideológicos com pretensão universal dos interesses de um conjunto de forças económicas, em particular, as do capital internacional. (...) por todo o planeta, numerosos centros de pesquisa, universidades, fundações, (...) aprimoram e difundem a boa palavra. (...) um pouco por toda a parte, os principais mandamentos dessas novas tábuas da lei são retomados por faculdades de ciências económicas, jornalistas, ensaístas, políticos; além disso, por intermédio dos média de grande audiência, são repetidos abundantemente. Sabendo (...) que, nas nossas sociedades mediáticas, repetição equivale a demonstração.»
Ignacio Ramonet

2 comentários:

DAMAGE? WSL. disse...

Isso está muito fixe, ja vi pessoalmente,curti bastante disso. força man

rapariga vermelha disse...

quero a minha cozinha assim! :P